Resenha #25: A Face Inversa do Amor, Rafaela Perensin

Olá pessoa, tudo bem?

Hoje trouxe para vocês mais uma resenhas, mas dessa vez foi desse livro muito amorzinho da nossa parceira Rafaela Perensin, vamos conferir?

SAM_5392

A única certeza que temos na vida é a existência da dúvida. A indagação que permeia nossa mente e nos faz proferir aquelas simples três letras, que juntas são capazes de induzir um complexo portfólio de sensações E se?
A face inversa do amor é uma história se passa em Houston, uma cidade do Texas e retrata várias histórias interligadas por laços familiares, amorosos e profissionais, demonstrando o contraste entre atitudes pautadas pelo amor e pelo ódio.
Rejeição, segredos, amor e vingança são as chaves dessa trama que envolve Annie Macroff, uma jovem repleta de impressões e sensações que terá de pagar pelos erros de um passado que ela desconhece.
Conheça a história de alguém que se sentia ninguém e tente decifrar quem tem a razão nesse jogo de reversão de culpa.

A história começa contando a vida de Annie, que era desprezada pelos pais e não sabia o que tinha feito de errado para merecer isso. Um dia, seu motorista particular pede demissão e seu pai contrata outro às pressas, sem pesquisar, só para não ter dor de cabeça.

Porém, esse novo motorista na verdade é o ex-namorado de Lizze, mãe de Annie. Elizabeth, secretária de seu pai, amante e apaixonada por ele, sabia desde o começo e o contrata porque tem um plano de vingança contra Lizze. E é claro, logo ela se junta com Lincon, o novo motorista e que está com uma sede de vingança contra Lizze também por ela ter terminado o relacionamento dois dois de repente. O que esse ódio todo vai virar?

Fiquei muito feliz quando recebi esse livro da parceria porque eu amo histórias que envolvem dramas familiares e vários personagens secundários que estão ligados à trama principal mas que também têm uma história a parte.

SAM_5400.JPG

No começo já somos apresentados à dinâmica de vida dos Macroff e como são suas personalidades e já sabemos até porque Annie é desprezada por todos. Infelizmente, a menina já se conformou e apenas seguiu a vida. O negócio como a ficar bom quando aparece Lincoln e sabemos de seu plano. Mas a partir daí achei algumas inconsistências, como por exemplo, o plano é bem falho, então isso só daria certo mesmo na ficção, sem falar que em alguns momentos, a história começa a correr, te fazendo perguntar porque a pressa de trabalhar tudo aquilo em tão pouco espaço de tempo. Após a execução do plano com sucesso, temos a segunda parte da história, que os responsáveis pelo crime são presos, ou quase todos.

Nesta parte, em especial, gostei muito das histórias secundárias e torcia para os personagens conseguirem o que queriam.  O mais legal é que todo mundo se conhece, mas a partir da segunda parte do livro eles não têm nenhum envolvimento direto com a trama principal, o que foi muito bom para dar uma pausa em todos os acontecimentos.

Só não gostei o fim que os personagens tomaram. Não esperava um conto de fadas, mas esperava pelo menos um pouco mais de senso de justiça. Os pais de Annie acabaram pagando muito mais do que as pessoas que realmente cometeram o crime, e Lincoln se deu tão bem que me deu até uma raiva.

A escrita da autora é muito gostosa! O livro é dividido em capítulos bem curtos, que sempre tem em destaque uma frase de efeito que você lerá a frente, sem falar que em um mesmo capítulo podemos saber sobre várias histórias que ocorrem no livro, pois a autora trabalha com esse efeito. Fiquei apaixonada pelo livro e pela história em si, e indico muito a leitura para todos que gostam dessa temática ou até mesmo para quem não gosta ou não conhece e está disposto a ler alguma coisa nova, pois o livro é bem fino, tem apenas 170 páginas e você consegue ler bem rápido.

Foi uma leitura muito envolvente para mim com uma história que vou guardar no meu coração. Já virei fã da Rafaela e mal posso esperar para conferir seus próximos livros, pois sei que eles estarão ótimos!

Até mais, pessoal.

57 comentários sobre “Resenha #25: A Face Inversa do Amor, Rafaela Perensin

  1. Olá!
    Eu não conhecia a nobre em questão, mas,assim como você, amo livros com dramas familiares mesmo tendo lido poucos com essa pegada. Gostei do livro e todo o seu desenrolar trago nessa resenha! Fiquei curioso para saber mais sobre a vida difícil de nossa queria Annie, espero ler logo. Adorei também essa capa que está bem linda na sua simplicidade! Até mais vê
    Bjs

    Curtido por 1 pessoa

  2. Adoro dramas familiares, é uma delicia quando a gente se envolve tanto na história e nao quer que ela acabe. Fiquei curiosa sobre como o plano de vingança terminou, espero que tenha dado tudo errado haha! Adorei a resenha, muito esclarecedora.

    Curtido por 1 pessoa

  3. uma pena que a premissa apresentou algumas inconsistências… acho difícil uma história me agradar tendo tantos elementos que parecem não se encaixar… mas de qualquer maneira, você acabou se entretendo com a obra, né?
    mas dessa vez vou deixar a dica passar, quem sabe em outra ocasião…
    bjs…

    Curtido por 1 pessoa

  4. Oi Carol, tudo bem?
    Não conhecia o livro e nem a autora, mas fiquei intrigada para conhecer melhor essa obra que parece ser uma leitura sensacional. Adoro essa aura de suspense, com vingança e dramas familiares. Mesmo que o plano seja falho, a história parece ser bem interessante. Outro ponto positivo é que as histórias secundárias te agradaram. Uma pena que o final não tenha te agradado tanto. Vou anotar a dica aqui!
    Beijos

    Curtir

  5. Olá ♥
    Uau, que história mais instigante. Adoro essas questões de sede de vingança e pessoas que querem destruir as outras, pois acho que transmite muito nossa realidade.
    Ainda não conhecia essa obra, mas fiquei bem interessada, A única coisa que não me agradou foi saber que você esperava algo com mais senso de justiça do que o final foi. Eu estava esperando isso, mas já sei que não devo.
    Adorei a resenha e anotei a dica.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    Curtir

  6. Ooi! Tudo bem?
    Então, eu achei até a ideia diferente, mas não é algo que eu leia. Achei um pouco confuso e não sei também se a leitura fluiria.
    Bom, boas leituras!
    Beeijos

    Curtir

  7. Olá
    Gosto bastante de tramas dentro de tramas, onde todos tem algum tipo de responsabilidade, e esse livro parece ser bem interessante e dinamico, mas ao mesmo tempo fiquei com um pé atras por causa do final, não gosto de finais onde pessoas que não deveriam acabam levando a melhor.
    Beijos

    Curtir

  8. Eu ainda não conhecia o livro mas a premissa me deixou muito curiosa e quero saber mais sobre a história. Mas fiquei curiosa mesmo foi com esse final, para saber o que aconteceu para você ter ficado com essa impressão sobre ele. Acho que é uma leitura que poderia me agradar bastante e espero que se eu for ler, que goste mesmo.

    Curtir

  9. Olá Carol,
    Eu não conhecia a autora, nem a obra. Pra começar, já amei a capa. A premissa do livro também me interessa muito. Eu gosto muito de ver resenhas de autores nacionais pouco conhecidos, e gosto ainda mais quando os próprios autores demonstram carinho e atenção pelos leitores. Rafaela parece ser assim, já que o primeiro comentário da sua resenha foi ela quem fez. Na bienal vi autores renomados mal olhando no rosto de leitores enquanto autografavam seus livros, faziam como se fosse uma obrigação.
    Bem, vejo que você tanto gostou como vai acompanhar os próximos lançamentos da Rafaela, e isso desperta o meu interesse nessa leitura.
    Abraços, Helô

    Curtir

  10. Adoro livros com dramas familiares. Deve ser horrível ser desprezada pelos próprios pais, conheço uma pessoa que passa por isso, então quem sabe se eu ler não descubro um jeito de ajudá-lo?
    Adorei saber que você gostou do livro, e muito legal o detalhe dos capítulos terem uma frase de destaque!
    Fiquei curiosa pra ler! Obrigada pela dica!

    Virando Amor

    Curtir

  11. Também adoro dramas familiares e fiquei encantada com esse livro! Sua resenha ficou muito boa e conseguiu me deixar bem interessada pela obra, que espero ter a oportunidade de ler um dia, fora que parece ser uma leitura bem rápida 😀 Dica anotada!
    Beijos!!

    Curtir

  12. A primeira vista lendo a resenha desse livro fiquei dividida, sobre o enredo que achei muito legal, a menina desprezada e os pais em uma trama de vingança chama atenção, mas me incomodei com os fatos corridos e o plano falho, a autora deveria ter aprofundados, se o livro tem somente 170 páginas, dava para trabalhar mais a trama, mas enfim o livro ganha crédito na narrativa, e fiquei com vontade de conhecer a história. Bjkas

    Curtir

  13. Parece uma obra cheia de intrigas, sentimentos perversos e personagens marcantes. Sei que tramas como essa fazem muito sucesso, apesar de não ser o meu alvo de leitura. Todavia, devo-lhe parabenizar pela resenha e pela sinceridade ao dar sua opinião sobre o final do exemplar e a falta de senso de justiça.
    Para mim, esse não é o momento de ler a obra, mas quem sabe um dia?
    Grande abraço e sucesso!
    Filipe Penassso – Pena Pensante

    Curtir

  14. Não conhecia esse livro e confesso que a capa não é muito convidativa (sou fã de capas mais elaboradas). Mas fiquei feliz ao saber que a narrativa é envolvente e os capítulos curtos, dois pontos que me atraem numa leitura. Enfim gostei de saber um pouco mais sobre a autora nacional. Apesar da temática não ser muito do meu interesse foi válido conhecer sua opinião.

    Curtir

  15. Olá linda,

    A capa expressa bem os dramas familiares e essa sede de vingança que permeia toda a obra e que parece prevalecer impune no final do livro e faz eu querer ler mais desse enredo para saber porque eles não foram castigados justamente.

    Beijos!

    Curtir

  16. Oi, tudo bem?
    Não conhecia o livro e fiquei animada para ler a resenha, mas confesso que não fiquei realmente curiosa com a história a ponto de querer ler, sabe? Deve ser triste acompanhar a vida de Annie e toda a rejeição que ela sofre. Além disso imagino que deve ser interessante acompanhar todo o desenvolvimento da história, mas não gostei de saber que algumas coisas são trabalhadas de forma muito rápida e ao todo não fiquei animada.

    Beijos :*

    Curtir

  17. Oi Carol, sua linda, tudo bem?
    Gostei do balanço na capa do livro. Pensei que por conta dele seria uma história de romance leve. Mas que surpresa ver que é uma trama de sentimentos pesados. O pior é que existem pessoas assim, que se acham donas das outras, nutrem um sentimento pela pessoa e mesmo não correspondida se tornam doentias, acreditando que a pessoa será sua. Confesso que não gostei desse final, não tem uma mensagem positiva nele e não foi feita a justiça, pelo contrário. Não sei se o leria por conta disso. Fiquei em dúvida. Mas gostei muito da sua resenha!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    Curtir

  18. Infelizmente este não me chamou atenção. Por mais que o enredo seja fictício, para mim tem que haver uma certa realidade nas ações, e o fato do plano ser cheio de furos, me incomodou.
    Bjs, Rose

    Curtir

  19. Oi Carol!

    Que resenha mais fofa, Cá. Adorei!
    Eu não conhecia a Rafa e nem seu livro, mas fiquei mega curiosa com a trama. Adorei os comentários tragos por você, isso despertou muito minha curiosa e mesmo com os pontos negativos evidenciados, acho que a leitura seria muito proveitosa para mim.
    Obrigada pela dica.

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    Curtir

  20. Que livro fantástico! Pela sua resenha, deu pra perceber que é uma leitura bem trabalhada e ao mesmo tempo intensa! Fiquei curioso e ao mesmo tempo com maior vontade para ler. Vou procurar e ler esse livro em um final de semana.

    Curtir

  21. Olá, tudo bom?
    Não conhecia a autora nem o livro e confesso que fiquei bem curiosa até você falar que o final nos passa uma impressão de não existir justiça – algo que me incomoda muito – e que alguns personagens se ferraram demais e outros se deram bem demais… mas, a premissa do livro é interessante, então vou dar uma chance a obra, mas sem muitas expectativas.
    Beijos

    Curtir

  22. Também amo livros que envolvam a família, passado, vingança e personagens secundários necessários e bem construídos. É um livro bem curtinho por isso espero ler rápido, com a escrita fluida da autora, mesmo que em alguns momentos seja corrida, e mesmo que o final não tenha te agradado, não conhecia o livro, mas quero ler e gostar tanto quanto

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s