Resenha #35: Como Eu Era Antes de Você, Jojo Moyes

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje finalmente trouxe a resenha desse livro que todos falam mas que só agora eu criei a vergonha na cara de ler hahaha. Vamos conferir?

capa

ISBN: 9788580573299

Tradutor: Beatriz Horta

Ano: 2013

Páginas: 320
Editora: Intrínseca

Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã que é mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Trabalha como garçonete num café, um emprego que não paga muito, mas ajuda nas despesas, e namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe.

Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, ela consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Tudo parece pequeno e sem graça para ele, que sabe exatamente como dar um fim a esse sentimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.

Como eu era antes de você é uma história de amor e de família, mas acima de tudo é uma história sobre a coragem e o esforço necessários para retomar a vida quando tudo parece acabado.

Já irei começar falando que é simplesmente terrível você iniciar uma leitura com as expectativas muito altas. E foi exatamente o que aconteceu com esse. Acho que de tanto falarem que o livro era maravilhoso, eu realmente esperei uma obra prima, o que não aconteceu, pelo menos para mim.

Eu gostei muito das personalidades dos protagonistas. Me identifiquei muito com Lou, que tem o peso nas costas de ajudar a família se sustentar e está em um relacionamento infeliz, mas que em momento nenhum desanima e deixa de ter seu jeito excêntrico. Seu pai até faz várias piadas no decorrer do livro sobre isso, o que eu achei muito legal porque deu um toque de humor na história.

Will é, no mínimo, depressivo. Mas podemos entender completamente isso, o cara passou de uma vida que ele amava, que fazia tudo o que queria a ficar preso na cama ou em uma cadeira de rodas o dia inteiro, além de precisar ser vigiado o tempo todo. Realmente deve ser uma situação muito triste.

O que eu gostei muito que a autora trabalhou foi a maneira que o relacionamento de Will e Lou se desenvolveu. Nós vemos nitidamente a mudança que ela foi capaz de fazer na vida de Will, o que foi uma coisa muito bonita. Aliás, ele era extremamente chato e implicante com ela no começo. Posso dizer também que o amor que eles desenvolvem é o sentimento mais puro que tem, não é aquela paixão avassaladora que destrói tudo, é uma coisa calma, pacífica e ao mesmo tempo quase palpável.

Acho que o livro aborda uma questão muito importante, que é a interrupção da vida por escolha do próprio paciente. São mostrados vários argumentos e depois que podemos ver realmente a condição de Will e a tristeza que ele sente, sabendo que ele não pode jamais melhorar, eu entendi muito a sua decisão e a aceitei. Pode ser um pouco controverso, pessoas religiosas irão dizer que ele não tinha o direito, mas será que vale mesmo a pena viver uma vida onde você não está vivo?

Já o que me decepcionou um pouco foi o final. Eu sabia que ele seria daquela maneira porque em momento algum achei que Will iria mudar de ideia, então eu não fiquei despedaçada como a grande maioria. E eu fiquei muito triste com isso, poxa, eu queria me emocionar também . Mas achei que a autora finalizou de uma maneira que o segundo volume da obra era totalmente desnecessário, mas o que o dinheiro não faz, não é mesmo?

Saí com uma grande lição de vida com essa leitura, foi realmente muito tocante e me deixou reflexiva sobre a vida em alguns momentos. Foi a primeira vez que li algo da autora e fiquei curiosa pelos seus outros trabalhos, já que esse a leitura foi tão fácil que até me assustei na hora em que acabei o livro. Se você gosta de histórias tristes e tocantes, este livro com certeza é indicado para você.

Até mais, pessoal!

Anúncios

46 comentários sobre “Resenha #35: Como Eu Era Antes de Você, Jojo Moyes

  1. Muita vibe em cima de alguma obra acaba decepcionando mesmo. Me pareceu uma obra apenas ok, longe de ser ruim, mas nada tão maravilhoso quanto se fala por aí.
    Me parece que todo mundo só tem duas classificações para tudo: ou é maravilhoso ou uma porcaria hehehe.
    Parabéns pela resenha.

    Curtir

  2. Olá
    Adorei poder conferir sua resenha, porque eu nunca vou me cansar de ler a respeito desse livro. Eu gosto muito das mensagens retratadas nele, mas também devo confessar certa decepção com o final, apesar de já esperar tal ocorrência, tinha esperança de algo mudar também, e chorei tanto, mas tanto que nem sei dizer. Impossível não compreender a lição nesse livro né, acho sensacional, e gostei bastante de sua adaptação ❤
    Beijos, Fer
    http://www.segredosemlivros.com

    Curtir

  3. Olá
    Eu não li o livro, mas vi o filme e confesso que gostei, muito. Eu me diverti muito com a adaptação e por mais que o Will me parece egoísta, consegui me cativar pelos personagens. Louisa e uma fofa 💚

    Abraços
    David
    Território Geek Nerd

    Curtir

  4. Olá, tudo bem?

    Primeiramente adorei a sua resenha, ainda não li nenhum livros da Jojo Moyes e sequer assisti ao filme, pretendo assistir em breve. Apesar de toda vibe, sucesso, eu ainda não pretendo ler no momento, todavia parece ser um bom livro!

    Curtir

  5. Oieeee eu amo amo amo amo amo esse livro. Chorei horrores com a morte do Will vivo um luto eterno por ele. Não assisti o filme, pq o livro acabou com o meu pisicologico simplesmente não consigo ler o Will e perde-lo de novo. Você já leu o segundo? Maior decepção literária da minha vida. Bjs

    Curtir

  6. Oie!
    Realmente, o final sempre deixa essa sensação de que será diferente, mas não é, é cruel dessa forma mesmo. Eu gostei bastante de toda a história, assim como da narrativa, já que foi o primeiro livro que li da autora.
    Bjks!
    histórias sem Fim

    Curtir

  7. Olá.
    Nunca li nada da autora, mas esse livro está na minha lista de desejados, pensei que esse ano iria ter a chance de ler, mas acho que só ano que vem mesmo. Eu acho que já sei qual será o final e assim como vc fico chateada pois queria sentir toda a emoção que a maioria dos leitores desse livro relataram sentir, mas enfim… Espero que o livro me traga uma lição de vida assim como trouxe para você.
    Amei a resenha,

    Curtir

  8. Olá
    Expectativa ante de começar uma leitura são sempre uma droga não é mesmo, por isso tento evitar ao máximo que isso aconteça comigo, para não quebrar a capa com o sempre acontece. Eu já vi diversas resenhas tanto sobre o filme quando o livro, e não tenho a menor vontade de ler o livro mas tenho curiosidade no filme,,pois ele teve uma Vibe tão grande quando a do livro. Acho essas capas da Jojo uma fofura de mais. Até mais vê
    Bjks

    Curtir

  9. Oie

    Quando li esse livro foi bem quando ele foi lançado e eu gostei muito da leitura, apesar do final. Achei o livro no ponto certo entre o drama e as partes cômicas pra quebrar um pouco, muito emocionante mesmo e torci tanto pelos dois, mesmo sabendo que ele não mudaria de ideia. O final acabou comigo 😦
    E concordo, com esse final era totalmente desnecessário uma continuação.
    Excelente resenha!!

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    Curtir

  10. Eu simplesmente amei esse livro!
    Eu adorei o final, mesmo sabendo o que iria acontecer, me emocionei e também concordo que o segundo livro foi totalmente desnecessário (eu li e posso afirmar que foi uma péssima ideia MESMO!).
    Ele é ótimo pra nos fazer refletir, e pra você que leu e gostou da escrita da autora, leia A garota que você deixou para trás.

    Virando Amor

    Curtir

  11. Ooi 🙂
    Ainda não li o livro, mas também não pretendo rs Assisti ao filme e até gostei, mas senti que faltava algo mais, então provavelmente vou achar a mesma coisa do livro.
    Parabéns pela resenha!
    Bjs

    Curtir

  12. Oie!
    Eu ainda não li esse livro e justamente porque não quero correr o risco de me decepcionar. As pessoas falaram durante tanto tempo sobre esse livro que eu acabei ficando com o pé atras, com a certeza que ele não deve ser isso tudo e que eu acabaria achando ele ruim. Então eu decidi esperar passar toda essa histeria antes de dar uma chance, dessa forma eu vou poder ler sem pretensões.

    Bjs.

    http://www.ciadoleitor.com

    Curtir

  13. Oii!
    Eu li esse livro faz muuito tempo, o que eu acho que ajudou com a parte das ‘expectativas’. Quando eu li, não tinha ninguém falando nada dele, o que fez com que eu me emocionasse e admito que chorei copiosamente como não chorei em nenhum outro livro. Mas acho que de tanto as pessoas falarem que é um livro triste e lindo e todo esse bafafá que todo mundo comenta, as pessoas que pegam o livro pra ler agora já esperam um final triste e tudo fica meio previsível.
    Mesmo assim, amei o livro e me recusei a ler o segundo. Na verdade, como você disse, o primeiro já tem um fim e a própria autora já disse isso. Ela escreveu o segundo depois de muitos pedidos das fãs para saberem o que acontece com a Louisa e como ela segue em frente. Como eu não senti a necessidade de saber isso, também acho que nunca vou ler o segundo haha
    Beijos!

    http://www.beyondbluedoors.com

    Curtir

  14. Oie…
    Acredita que ainda não li? Essa é uma terrível vergonha que tenho rsrs…
    Já peguei o spoiler sobre a discussão sobre a eutanásia, e sei que a autora trabalha com altas doses de dramas e é certo que o leitor nunca sai o mesmo depois de uma leitura como essa. Já peguei muuuuito spoiler sobre essa obra, mas, mesmo assim ainda quero ler.
    Só pra constar, sou contra esse método, pois, acredito fielmente que nenhum ser humano tem o direito de retirar a própria vida ou a alheia, além do mais, nós temos que ter amor a vida, mesmo estando em dificuldades… Imagine se todos que estivessem com problemas sérios de saúde optassem pela morte? Séria uma redução considerável de habitantes. Mas, isso é só uma questão de opinião.
    Beijos e parabéns pela resenha.

    Curtir

  15. Não li ainda é também não cheguei a ver o filme. Teve uma amiga que achou a atitude do Will egoísta, mas quem sou eu para pensar isso? Só ele para saber como é está preso em si mesmo. E o quão difícil não deve ser, ainda mais para quem era tão ativo como ele. Eu o entendo e se fosse alguém perto de mim, entenderia. Poderia sofrer, mas apoiaria.
    Bjs

    Curtir

  16. Confesso que também não gosto de ler livros muito famosos porque acabo sendo influenciada e criando muita expectativa. Além disso a cada resenha que leio acabo pegando pequenas informações que me fazem já ter uma noção do caminho que a história irá seguir e isso desestimula um pouco a leitura.
    Mas enfim foi ótimo saber sua opinião e desejo que leia mais histórias dessa autora que não para de conquistar fãs. E relaxe eu ainda não li nada da autora, apesar de ter dois livros dela aqui em casa.
    Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!

    Curtir

  17. Eu ainda não criei vergonha na cara para ler esse livro – e tenho a sensação de que nem vou criar hahahaha
    É aquela coisa, todo mundo fala tanto que eu já me sinto tão cansada dessa história que nem o filme tive vontade de assitir.
    Acho que o motivo de todo mundo ter se emocionado com o final foi a expectativa de que a autora deixasse tudo bonitinho e lindinho – e que o Will mudasse de ideia porque o amor transforma e muda tudo e blablabla e ai se acabaram de chorar por ele não mudar de ideia… (não sei se estou certa com isso, até porque não li, mas é essa a sensação que tenho).
    Acho que isso vale o ponto para a autora por ter tido coragem de entregar um livro com um final triste, mas a partir do momento em que ela escreve uma continuação (e pelo que li a Lou está a mesma coisa do que no início desse livro, o que quer dizer que ela passou por tudo o que passou e não aprendeu nada) faz ela perder o ponto e me deixar com menos vontade ainda de ler esse livro…Como você disse, o que o dinheiro não faz, não é mesmo?
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    Curtir

  18. Olá!
    Que pena que esse livro não te tocou tanto assim e nem te deixou emocionada no final.
    Bem, Lou foi uma pessoa que mudou mais do Will, na minha opinião. Ela era alguém sem foco, apenas ajudando sua família que abusava dela, nota-se isso por conta das piadas, muitas de mal gosto. E Will também mudou, mas foi de uma forma mais branda, ele sempre quis que o final acontecesse e estava feliz com isso, mas, em seus últimos dias, soube o que era amar de verdade, sem interesses.
    Sobre o outro livro, acho que você deve ler, pois ele não foi desnecessário. A Lou deixou de depender da família nesse volume e começou a crescer como pessoa, mas, depois de Will, será que ela levaria os ensinamentos ao pé da letra e cresceria na vida mais e mais? Acho que é esse um dos pontos do próximo volume.
    Beijos

    Curtir

  19. Bem, eu nunca tive curiosidade em ler esse livro… quanto mais criticas positivas surgiram e quase todo mundo estava lendo no mesmo momento, minha vontade passou totalmente. Depois, fui pesquisando aqui e ali e vi como tudo termina e não achei assim os motivos para o final ser daquela forma ser motivo de tanto chororo. Não descarto a importância da obra, pois alcançou um bom publico, mas pra me chamar atenção falta muito ainda.

    Raissa Nantes

    Curtir

  20. Oi!

    Eu achei o livro bem ok, não toda aquela maravilha que as pessoas pintavam e foi bem decepcionante, então te entendo. Eu também gostei da maneira como o relacionamento do Will e da Lou se desenvolveu, acho que é a unica coisa que valeu a pena no livro, além do crescimento da personagem. Adorei conferir suas impressões! =))

    Curtir

  21. Oi Carol, calma, você não é a única que não tem vergonha na cara! Eu também não tenho, e não li esse livro, nem vi o filme. Por que? Hummm, não sei te explicar, mas sei que ele está na minha “listinha” há um bom tempo! haha Espero que quando eu ler, goste tanto quanto você! Abraços

    Curtir

  22. Olá =)
    Até hoje não criei coragem para ler esse livro. Apenas assistir o filme. É bom né, quando terminamos uma leitura e tiramos uma lição de vida. Que bom que esse livro te proporcionou isso. Beijos’

    Curtir

  23. Ola…
    Gostei muito da sua sinceridade em relação ao livro na resenha. Eu tenho até vergonha de dizer que eu não li esse livro ainda, mas tive a oportunidade de ver o filme e chorei horrores. Adorei a audácia da autora sobre abordar esse tema tão polêmico e sobre o segundo livro acho que está bem claro que foi questão de dinheiro mesmo

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    Curtir

  24. Adoro histórias tristes e tocantes e, embora eu tenha lido um livro da Jojo que não achei nada demais, acredito que esse vai mexer muito mais comigo. Amo esse tipo de leitura em que nem percebemos as páginas passarem e quando vemos já acabamos, principalmente se causarem reflexões e transmitirem boas lições. Quero conferir o mais rápido possível.

    Curtir

  25. Helloo, tudo numa nice?!
    Ah, eu definitivamente gosto de estórias tristes e tocantes, mas já saber o final para mim não ajuda e não me faz sentir nada. A razão toda acaba. De qualquer maneira eu nunca li e nem vou ler o livro da Jojo por esse motivo, porque depois do filme as pessoas começaram a soltar spolier a torto e a direito. De qualquer maneira eu não sou muito chegada a romance e nenhum dos livros da autora me inspirava como esse. É terrível mesmo começar uma leitura com expectativas altas. Minha amiga leu assim e acabou que não gostou.
    Enfim, ótima resenha.
    Beijin…

    Curtir

  26. Oi, tudo bem?
    Já eu fiquei despedaçada rs E também queria um outro final, mas esse foi o que emocionou e conquistou muitos leitores. Esse também foi o primeiro que li da autora.
    Quero ler outros da autora. Gostei muito da resenha sincera.

    Curtir

  27. i, tudo bem?
    Realmente ler livros com altas expectativas quase nunca é bom, porque dificilmente um livro é incrível a ponto de superar as nossas expectativas, né? Bom, eu li esse livro faz um bom tempo e gostei muito, pois foi um romance tão lindo que até me fez chorar e nem foi nas partes dramáticas kkkkk Enfim, fico feliz em ver que apesar de tudo você gostou bastante da obra e eu também não achei necessária a continuação.

    Beijos :*

    Curtir

  28. Oie
    Tudo bem?
    Então eu tenho uma opinião bem diferente da maioria das pessoas e foi a opinião imediata para ambos os livros o peimeiro eu fiquei abalada chorei horrores mais de verdade eu entendi a autora e o Will eu lembro que quando terminei de ler eu pensei “Graças a Deus que a autora matou ele como eles iam viver felizes com essa doença terrível?”, e o segundo para mim foi essencial eu queria de qualquer forma saber o que a Lou estava sentindo eu queria ver ela xafurdando na lama e depois se recuperando.
    Enfim é isso eu gostei de saber da sua opnião muito legal seu post.
    Bju
    Mary Reis

    Curtir

  29. Oiii, tudo bem?
    Também preciso ler esse livro, mas e tempo, menina? hahahahaha
    E concordo com você a respeito das expectativas.
    Mas sabe que com esse livro não estou com as expectativas muito altas? Na verdade, acho até que posso não gostar. Mas espero estar enganada e acabar curtindo ahhahah
    Assim como você, também entendo a decisão do Will. Pode ser difícil pra gente aceitar e tal, mas eu acredito que as pessoas devam ter direito de escolha sobre suas próprias vidas. Triste? Claro. Se eu tentaria fazer a pessoa mudar de ideia? tentaria. Mas se não desse resultado, eu respeitaria.
    Um beijão
    https://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    Curtir

  30. Olá, quando li esse livro só me vi debulhada em lágrimas pelo final. Também acho, concordo que o final não faz necessário um segundo volume, mas no caso da autora não foi nem questão de grana, porém insistência dos fãs. A que ponto os leitores chegam hehe Eu super entendi a decisão final do Will, ´porém ainda tenho uns resquícios de mágoa porque ele poderia ter ficado por causa da Lou. Ótima resenha!
    diariasleituras.blogspot.com.br

    Curtir

  31. O que falar de Louise e Will?

    São pessoas que ficarão marcadas para o resto de nossas vidas, no coração!

    Uma história que me causou um mix de amor e ódio, mas que no fundo entendi que seguiu o melhor rumo que poderia ter seguido, saindo do clichê, e mostrando que o amor vai além da vida ❤

    Parabéns pela sua resenha (:

    Curtir

  32. Costumo evitar ler livros que eu tenho a expectativa muito alta, isso costuma estragar a leitura…. 😦
    Ainda não conferi Como Eu Era Antes de Você e admito que já tive mais curiosidade em relação a história, como não estou numa fase de ler dramas acho que vai demorar um pouco para eu conhecer esses dois personagens, mas não tenho dúvidas que quando eu realizar a leitura irei me emocionar bastante.

    Curtir

  33. Concordo contigo em quase tudo! Li com muitas expectativas também e até gostei do desenvolvimento da história, do relacionamento e tal, mas aquele desfecho foi muito anti-climax. Existiam outras formas de fazer aquilo, mas ao contrário de tu não achei o segundo livro desnecessário. Sabe porquê? Porque as pessoas precisam entender o que acontece com quem fica. É um trauma muito grande. Eu achei a proposta de abordar isso muito legal. 🙂

    Curtir

  34. Eu nunca cheguei ao fim do livro ou do filme, me cansou bastante confesso porque eu ficava tipo: aaah se ele mudar vai ser clichê e se não mudar vai ser idiota né. Ai nunca terminei, mas vou tomar vergonha na cara e terminar de ler, mas sei pela sua resenha que o final não é amorzin, mas é mais realista.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s