Resenha #65: A Sala dos Répteis, Lemony Snicket

Olá pessoal, tudo bem?

Depois de muito tempo, trago hoje a resenha do segundo volume de Desventuras em Série, vamos conferir?

A_Sala_dos_Répteis.jpg

Título: A Sala dos Répteis

Autor: Lemony Snicket

Editora: Companhia das Letras

Ano: 2001

Páginas: 184 páginas

Lemony Snicket é um autor que não pode ser acusado de falta de franqueza. Sabe que nem todo mundo suporta as tristezas que ele conta e por isso – para que depois ninguém reclame – faz questão de avisar: ‘Se você esperava encontrar uma história tranqüila e alegre, lamento dizer que escolheu o livro errado. A história pode parecer animadora no início, quando os meninos Baudelaire passam o tempo em companhia de alguns répteis interessantes e de um tio alto-astral, mas não se deixem enganar…’

Os Baudelaire têm mesmo uma incrível má sorte, mas pode-se afirmar que a vida deles seria bem mais fácil se não tivessem de enfrentar o tempo todo as armadilhas de seu arquiinimigo: o conde Olaf, um homem revoltante, gosmento e pérfido. Em ‘Mau Começo’ ele deu uma pequena amostra do que é capaz de fazer para infernizar a vida de Violet, Klaus e Sunny Baudelaire – e aqui as coisas só pioram.

Resenhas anteriores:

Desventuras em Série – O Mau Começo, Lemony Snicket

Desventuras em série sempre chamou a minha atenção desde o primeiro livro. Quando comecei a ler, não consegui parar!

Como sempre, os Baudelaire vivem desgraças no seu dia-a-dia. No segundo livro, eles vivem desventuras ao de ponto de que até dá dó deles. Como em todos os outros livros, eles se mudam e sua guarda vai para outra pessoa, pois Conde Olaf sempre dá um jeito de acabar com a felicidade dos órfãos. Nesse livro, eles se mudam para a casa de um irmão da mulher do primo de Bertrand Baudelaire. Para resumir, o pai de Violet, Klaus e Sunny.

Tio Monty é o novo personagem que entra nessa história, e no começo, vou confessar, ele me assustou um pouco. Monty é alguém muito alegre e apaixonado por répteis, mas sempre é subestimado por causa de seus fracassos anteriores, até que ele descobre a “víbora incrivelmente mortífera”, mas não se engane pelo seu nome.

Nesse livro, eu realmente pensava que os órfãos iriam ser felizes, mas Olaf sempre aparece, e dessa vez, disfarçado, com um objetivo bem cruel. As crianças fazem coisas e descobertas incríveis ao decorrer do livro, sempre nos surpreendendo.

Eu adoro a escrita de Lemony Snicket, e a história que ele coloca por trás falando de sua amada e misteriosa Beatrice. Você devora esse livro tão rápido, que depois te dá um gostinho de “quero mais!”.

Até mais, pessoal!

Anúncios

35 comentários sobre “Resenha #65: A Sala dos Répteis, Lemony Snicket

  1. Ola
    Uma das minhas metas desse ano é começar a fazer a leitura dessa série, gosto muito do filme e da série, então tenho boas expectativas. Olaf sempre atrapalhando com seus objetivos cruéis heim?! Impossível não se surpreender. Adorei poder conferir suas impressões!
    Beijos, F

    Curtido por 1 pessoa

  2. Oi, tudo bom?
    Eu quero muito ler os livros depois que assisti a série, meus amigos me disseram que é muito fiel as obras literárias, e eu não posso perder isso!
    Neil Patrick Harris é meu amor em forma de ator, amo demais ele e estou amando vê-lo como Conde Olaf! Espero poder ler em breve!!

    Curtido por 1 pessoa

  3. Olá!
    Nossa, acredita que eu ensaio há ANOS para começar a ler essa série e ainda não o fiz, nem sei porquê? E como a série na Netflix aguçou minha curiosidade, estou pensando seriamente em jogar esses livros na frente na lista de leitura.
    Acredito que seja mesmo um pouco agoniante, ficar torcendo o tempo todo para que os irmãos sejam felizes, sem mais nenhum desventura… haha

    Beijos!

    Curtido por 1 pessoa

  4. Oi, tudo bem?
    Sou louca pra ler esses livros, principalmente porque agora saiu a série e eu não consigo assistir sem ter lido antes haha. Mas o problema é que são tantos livros que por falta de tempo ainda não pude ler. Mas gostei muito da sua resenha, só me deu mais vontade ainda de ler 😦
    Beijos ♥

    Curtido por 1 pessoa

  5. Olá, tudo bem? Nossa essa série parece ser um infanto juvenil ótimo. Já vi muita gente falando como você que a escrita do Lemony é muito boa. E agora com a série que saiu, com certeza os livros bobaram. Confesso que não li e nem vi nada ainda por preguiça mesmo hehe O primeiro porque acho a série grande mais e o segundo porque não quero spoiler para a leitura. Enfim, ainda verei o que fazer da vida, mas sua resenha é instigante para ler os livros. Adorei!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    Curtido por 1 pessoa

  6. Oi! Preciso dizer que por mais que eu sempre escute falarem bem das obras de Desventuras em Série, eu não consigo me sentir atraída pelas histórias. Primeiro que esses órfãos sempre acabam em situações terríveis, segundo que eu sou fraca para crueldade, então o Olaf é alguém que me assusta. E uma pessoa extremamente alegre e que gosta de repteis para mim já se torna nem um pouco confiável kkk Não leria por não gostar mesmo, mas fico feliz que para você esteja super funcionando a série, espero que os próximos sigam o mesmo ritmo ❤
    Um beijo
    http://www.brookebells.com

    Curtido por 1 pessoa

  7. Oi, tudo bem?
    Ai, tem que ter coragem para encarar essa série, muitos livros hahaha. Confesso que a história não me atrai muito, esse lance de aventura e vilão não me enche os olhos, ainda mais porque me disseram que uma hora as coisas ficam previsíveis e inacreditáveis no sentido do Olaf sempre fazer a mesma coisa e ninguém notar. Acho que não seria uma boa leitura para mim :/

    Curtido por 1 pessoa

  8. Oi, Carol

    Quem está lendo a série é meu sobrinho. Eu sempre pergunto para ele como está a leitura e ele fica me falando das desventuras das crianças. É muita desgraça mesmo! Não tem como sentir dó! Hahahaha
    Espero que os próximos sigam te agradando.

    Beijos

    Curtido por 1 pessoa

  9. Olá, tudo bem?
    Ainda não li esse livro, mas estou bastante ansiosa. Li o primeiro e amei! Adorei o humor irônico do Lemony e, com certeza, espero ler as continuações. Mas já estou com pena imaginando as desventuras pelas quais os irmãos Baudelaire vão passar enquanto o Conde Olaf trama mais um de seus planos.
    Fico feliz que você tenha gostado deste segundo volume e espero que os próximos também sejam bons.
    Beijos!

    Curtido por 1 pessoa

  10. Oiee, tudo bem? Eu li os dois primeiros da serie e gostei MUITO da experiência. Quero continuar a ler um dia, mas não acredito que farei isso tão cedo, por falta de tempo mesmo. A Sala dos Répteis é uma leitura bem ágil, e é impossível não se sentir mal pelas desventuras dos irmãos 😦
    Sua resenha ficou ótima! 🙂
    Beijos

    Curtido por 1 pessoa

  11. Oie! Tudo bem?

    Menina eu namoro essa coleção a algum tempo e não vejo a hora de poder conhecer a escrita do autor, só assisti por enquanto o filme e amo demais ele, ou seja, tenho certeza que quando eu ler os livros irei me apaixonar ainda mais pela história dos Irmãos!

    Bjss

    Curtido por 1 pessoa

  12. Sou louca pra ler os livros dessa série, espero devorá-los também quando tiver a oportunidade de começar a leitura. Acho que vou me apaixonar pelas crianças, adorei saber que elas fazem coisas e descobertas incríveis.

    Curtido por 1 pessoa

  13. Já tem tanto tempo que li essa série que nem lembra mais das histórias direito, mas lembro que gostei muito desse segundo livro por ser mais biológico que os outros. Uma atmosfera doida de conhecimento, medo e mistério. Mas a trama foi bobinha, apesar de trágica. Todo mundo é ingênuo demais xD

    ”Nesse livro, eu realmente pensava que os órfãos iriam ser felizes” Nossa, tire isso de sua cabeça hahahaha Deixa chegar no Hospital Infernal pra tu ver o que é desventura mesmo.

    Curtido por 1 pessoa

  14. Oi Juliana!
    Eu nunca tive vontade de ler essa série, mas a sua resenha falou do livro de um jeito tão fofo que estou pensando em reconsiderar e começar a ler, parece bem fofo, gostoso de ler e parece mesmo muito bom. Um dia vou pegar pra ler!!
    Beijos

    Curtido por 1 pessoa

  15. Pingback: Resenha #71: O Lago das Sanguessugas, Lemony Snicket | Arsenal de Ideias

  16. Olá!
    Infelizmente não consigo gostar de Desventuras em Série, já tentei ler três vezes e nem a série funcionou comigo :/ mas acho a história super original, sempre recomendo que as pessoas tentem ler. Adorei sua resenha!
    Beijos,

    Luana

    Curtir

  17. Pingback: Resenha #77: Serraria Baixo Astral, Lemony Snicket | Arsenal de Ideias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s