Resenha #101: A Garota Alemã, Armando Lucas Correa

Olá, pessoal, tudo bem?

Hoje é dia de mais uma resenha! Dessa vez, escolhi um livro de um autor espanhol que eu não conhecia mas me apaixonei imediatamente por sua escrita. Venha conferir:

a garota alemã

 

Título: A Garota Alemã

Autor: Armando Lucas Correa

Editora: Jangada

Ano: 2017

Páginas: 408 páginas

Skoob|Comprar

Baseado numa história real, A Garota Alemã é um romance magistral. A bordo do famoso transatlântico St. Louis, uma garota de 11 anos e 936 refugiados judeus fogem da Alemanha Nazista. Berlim, 1939. Hannah Rosenthal, de 11 anos, tinha uma vida de contos de fadas. Ela passava as tardes no parque com seu melhor amigo, Leo Martin. Mas, agora, as ruas estão cheias de nazistas. Eles vislumbram uma esperança para sair desse inferno: o St. Louis, um transatlântico que pode propiciar aos judeus uma travessia segura para Cuba. Mas logo as circunstâncias da guerra mudam e o navio que era sua salvação agora parece ser a sua sentença de morte. Nova York, 2014. Anna Rosen, ao fazer 12 anos, recebe um envelope misterioso de Hannah, uma tia-avó que criou o pai falecido. O conteúdo do envelope inspira Anna e a mãe a viajarem a Cuba para conhecer Hannah e descobrir a verdade sobre o trágico passado da família.

Livro cedido em parceria com a editora.

Acho que já falei isso várias vezes mas não custa repetir: eu sou apaixonada por histórias que se passam na Segunda Guerra Mundial. Dito isso, essa daqui também é baseada em fatos reais e essas duas coisas juntas foi o necessário para me fazer morrer de vontade de ler essa obra.

Processed with VSCO with a6 preset

O livro é dividido em partes, com a narrativa alternando entre Hannah, nos anos 40, e Anna, nos dias atuais. A ligação entre as duas personagens é feita de maneira muito bonita e emocionante, além de as duas terem características bem parecidas que enquanto você está lendo sente um grande carinho por elas.

É muito triste passar por toda a história de vida de Hannah e ver como ela e sua família sofreram tanto por serem judeus. Como tiveram que deixar seu país e todas as suas coisas para trás e recomeçar a vida em um lugar totalmente novo. Como depois disso nunca mais conseguiram se levantar e como a guerra deixou marcas permanentes em toda a família.

Não leia esse livro esperando uma história bonita ou com final feliz. Baseada em fatos reais, mostra a realidade nua e crua de sobreviventes de guerra que foram obrigados a sair de seus países. Há um grande debate sobre viver ou morrer em tempos como esses e como uma menina de apenas 12 anos perdeu a sua inocência devido à coisas tão terríveis acontecendo diariamente em sua vida.

2018-01-24 06.25.36 1.jpg

Foi uma leitura bem rápida e fluída de ser feita, apesar do tamanho consideravelmente grande do livro. Não é uma leitura fácil, vamos conhecendo coisas horríveis, o que me fez pensar como essa época foi e é extremamente triste na história do mundo.

A edição da Jangada está muito bonita e bem feita, com uma letra de bom tamanho e páginas amareladas. Há alguns detalhes no início dos capítulos que estão na medida certa e combinam muito bem com a história.

A Garota Alemã é mais um livro que demonstra os horrores da Segunda Guerra Mundial, dessa vez pelos olhos de uma garota de 12 anos. Com certeza vale a pena a leitura.

5 estrelas

Até mais, pessoal!

 

Anúncios

Um comentário sobre “Resenha #101: A Garota Alemã, Armando Lucas Correa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s