Resenha #87: Os Segredos de Colin Bridgerton, Julia Quinn

Olá, pessoal, tudo bem?

Hoje trago para vocês mais uma resenha, continuando a série OS Bridgertons da Julia Quinn, e nosso protagonista da vez é o querido Colin. Vamos conferir o que acontece?

images.livrariasaraiva.com.br

 

Título: Os Segredos de Colin Bridgerton

Autor: Julia Quinn

Editora: Arqueiro

Ano: 2014

Páginas: 336 páginas.

Skoob|Comprar

Há muitos anos Penelope Featherington frequenta a casa dos Bridgertons. E há muitos anos alimenta uma paixão secreta por Colin, irmão de sua melhor amiga e um dos solteiros mais encantadores e arredios de Londres.
Quando ele retorna de uma de suas longas viagens ao exterior, Penelope descobre seu maior segredo por acaso e chega à conclusão de que tudo o que pensava sobre seu objeto de desejo talvez não seja verdade.
Ele, por sua vez, também tem uma surpresa: Penelope se transformou, de uma jovem sem graça ignorada por toda a alta sociedade, numa mulher dona de um senso de humor afiado e de uma beleza incomum.
Ao deparar com tamanha mudança, Colin, que sempre a enxergara apenas como uma divertida companhia ocasional, começa a querer passar cada vez mais tempo a seu lado. Quando os dois trocam o primeiro beijo, ele não entende como nunca pôde ver o que sempre esteve bem à sua frente.
No entanto, quando fica sabendo que ela guarda um segredo ainda maior que o seu, precisa decidir se Penelope é sua maior ameaça ou a promessa de um final feliz.

Em “Os segredos de Colin Bridgerton”, quarto livro da série Os Bridgertons, que já vendeu mais de 3,5 milhões de exemplares, Julia Quinn constrói uma linda história que prova que de uma longa amizade pode nascer o amor mais profundo.

Continuar lendo

Anúncios

Resenha #62: Um Perfeito Cavalheiro, Julia Quinn

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje trouxe para vocês mais uma resenha dessa série que me conquistou e a todos vocês: Os Bridgertons. Vamos conferir agora a história de Benedict?

Um Perfeito Cavalheiro

Título: Um Perfeito Cavalheiro

Autor: Julia Quinn

Editora: Arqueiro

Páginas: 304 páginas.

Ano: 2014

Skoob|Comprar

Sophie sempre quis ir a um evento da sociedade londrina. Mas esse é um sonho impossível. Apesar de ser filha de um conde, é fruto de uma relação ilegítima e foi relegada ao papel de criada pela madrasta assim que o pai morreu. Uma noite, ela consegue entrar às escondidas no baile de máscaras de Lady Bridgerton. Lá, conhece o charmoso Benedict, filho da anfitriã, e se sente parte da realeza. No mesmo instante, uma faísca se acende entre eles. Infelizmente, o encantamento tem hora para acabar. À meia-noite, Sophie tem que sair correndo da festa e não revela sua identidade a Benedict. No dia seguinte, enquanto ele procura sua dama misteriosa por toda a cidade, Sophie é expulsa de casa pela madrasta e precisa deixar Londres. O destino faz com que os dois só se reencontrem três anos depois, Benedict a salva das garras de um bêbado violento, mas, para decepção de Sophie, não a reconhece nos trajes de criada. No entanto, logo se apaixona por ela de novo. Como é inaceitável que um homem de sua posição se case com uma serviçal, ele lhe propõe que seja sua amante, o que para Sophie é inconcebível. Agora os dois precisarão lutar contra o que sentem um pelo outro ou reconsiderar as próprias crenças para terem a chance de viver um amor de conto de fadas. Nesta deliciosa releitura de Cinderela, Julia Quinn comprova mais uma vez seu talento como escritora romântica.

Continuar lendo

Resenha #29: Três Coisas Sobre Você, Julie Buxbaum

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje trouxe para vocês mais uma leitura que eu estava muito querendo fazer e aproveitei para colocar no Desafio Literário Premiado Obverso Books. O tema da vez era um livro com número no título, e escolhi Três Coisas Sobre Você. Vamos conhecer um pouco mais da obra?

capa-tres-coisas-sobre-voce

Lançamento: 01/06/2016
Título original: Tell me three things
Tradução: Ivanir Alves Calado
Formato: 16 x 23 cm
Número de Páginas: 288
Peso: 450.00 kg
Acabamento: brochura

Setecentos e trinta e três dias depois da morte da minha mãe, 45 dias após o meu pai fugir para se encontrar com uma estranha que ele conheceu pela internet, 30 dias depois de a gente se mudar para a Califórnia e apenas sete dias após começar o primeiro ano do ensino médio numa escola nova onde conheço aproximadamente ninguém, chega um e-mail. Deveria ser no mínimo esquisito, uma mensagem anônima aparecer do nada na minha caixa de entrada, assinada com o bizarro nome Alguém Ninguém. Só que nos últimos tempos a minha vida tem estado tão irreconhecível que nada mais parece chocante…

Continuar lendo

Resenha #27: O Visconde Que Me Amava, Julia Quinn

Olá pessoal, tudo bem?

Finalmente trouxe a resenha do segundo livro da série Os Bridgertons para vocês! Vamos conferir?

O Visconde que me Amava.jpg

Lançamento: 14/08/2013

Páginas: 304

Editora: Arqueiro

 A temporada de bailes e festas de 1814 acaba de começar em Londres. Como de costume, as mães ambiciosas já estão ávidas por encontrar um marido adequado para suas filhas. Ao que tudo indica, o solteiro mais cobiçado do ano será Anthony Bridgerton, um visconde charmoso, elegante e muito rico que, contrariando as probabilidades, resolve dar um basta na rotina de libertino e arranjar uma noiva.

Logo ele decide que Edwina Sheffield, a debutante mais linda da estação, é a candidata ideal. Mas, para levá-la ao altar, primeiro terá que convencer Kate, a irmã mais velha da jovem, de que merece se casar com ela.

Não será uma tarefa fácil, porque Kate não acredita que ex-libertinos possam se transformar em bons maridos e não deixará Edwina cair nas garras dele.

Enquanto faz de tudo para afastá-lo da irmã, Kate descobre que o visconde devasso é também um homem honesto e gentil. Ao mesmo tempo, Anthony começa a sonhar com ela, apesar de achá-la a criatura mais intrometida e irritante que já pisou nos salões de Londres. Aos poucos, os dois percebem que essa centelha de desejo pode ser mais do que uma simples atração.

Considerada a Jane Austen contemporânea, Julia Quinn mantém, neste segundo livro da série Os Bridgertons, o senso de humor e a capacidade de despertar emoções que lhe permitem construir personagens carismáticos e histórias inesquecíveis.

Continuar lendo