Resenha #24: O Código da Vinci, Dan Brown

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje trouxe para vocês mais uma resenha, de um livro que posso considerar até um clássico moderno, que foi uma ótima leitura, vamos conhecer?

200px-DaVinciCode.jpg

Um assassinato dentro do Museu do Louvre, em Paris, traz à tona uma sinistra conspiração para revelar um segredo que foi protegido por uma sociedade secreta desde os tempos de Jesus Cristo. A vítima é o respeitado curador do museu, Jacques Saunière, um dos líderes dessa antiga fraternidade, o Priorado de Sião, que já teve como membros Leonardo da Vinci, Victor Hugo e Isaac Newton. Momentos antes de morrer, Saunière consegue deixar uma mensagem cifrada na cena do crime que apenas sua neta, a criptógrafa francesa Sophie Neveu, e Robert Langdon, um famoso simbologista de Harvard, podem desvendar. Os dois transformam-se em suspeitos e em detetives enquanto percorrem as ruas de Paris e de Londres tentando decifrar um intricado quebra-cabeças que pode lhes revelar um segredo milenar que envolve a Igreja Católica.
Apenas alguns passos à frente das autoridades e do perigoso assassino, Sophie e Robert vão à procura de pistas ocultas nas obras de Da Vinci e se debruçam sobre alguns dos maiores mistérios da cultura ocidental – da natureza do sorriso da Mona Lisa ao significado do Santo Graal. Mesclando com perfeição os ingredientes de uma envolvente história de suspense com informações sobre obras de arte, documentos e rituais secretos, Dan Brown consagrou-se como um dos autores mais brilhantes da atualidade. “O Código da Vinci” prende o leitor da primeira à última página.

Continuar lendo

Resenha #18: Morte Súbita, J. K. Rowling

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje trouxe mais uma resenha par ao Desafio Literário Obverso Books, e o tema da vez é um livro que comprei pelo preço. Achei esse livro nas Americanas há algum tempo atrás por apenas R$ 10,00 e achei que seria uma boa oportunidade para ler.

índice

Este livro de J.K. Rowling conta a história de Pagford e seus habitantes, que, após a morte inesperada de Barry Fairbrother, membro da Câmara do vilarejo, fica em choque. Pagford é, aparentemente, uma pacata cidade inglesa com tudo o de mais comum e organizado que pode haver, mas o que está por trás da fachada bonita é uma cidade em guerra – uma guerra de classes, credos, gerações e interesses. Ricos em guerra com os pobres, adolescentes em guerra com seus pais, esposas em guerra com seus maridos, professores em guerra com seus pupilos – Pagford não é o que parece ser. O assento vazio deixado por Barry no conselho municipal logo se torna o catalisador para a maior guerra que a cidade já viu. Quem triunfará em uma eleição repleta de duplicidade, paixão e revelações inesperadas?

Continuar lendo

Resenha #15: A Guerra dos Tronos-As Crônicas de Gelo e Fogo, George R.R. Martin

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje eu trouxe para vocês um livro que se tornou um dos meus favoritos. Fiquei tão vidrada na história que precisava de mais.

Livro-As-Cronicas-de-Gelo-e-Fogo-A-Guerra-dos-Tronos-Volume-01-George-R-R-Martin-221587.jpg

Quando Eddard Stark, lorde do castelo de Winterfell, aceita a prestigiada posição de Mão do Rei oferecida pelo velho amigo, o rei Robert Baratheon, não desconfia que sua vida está prestes a ruir em sucessivas tragédias. Sabe-se que Lorde Stark aceitou a proposta porque desconfia que o dono anterior do título fora envenenado pela manipuladora rainha – uma cruel mulher do clã Lannister. E sua intenção é proteger o rei. Mas ter como inimigo os Lannister pode ser fatal: a ambição dessa família pelo poder parece não ter limites e o rei corre grande perigo. Agora, sozinho na corte, Eddard percebe que não só o rei está em apuros, mas também ele e toda a sua família. Quem vencerá a guerra dos tronos?

Continuar lendo

Resenha #14: O Passageiro do Fim do Dia, Rubens Figueiredo

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje trouxe mais uma leitura para o Deafio Premiado Obverso Books, que era um vencedor do prêmio Jabuti ou Portugal Telecom.

13038_gg

Este romance de escritura primorosa narra um percurso. É o que se opera na consciência de Pedro durante uma viagem de ônibus para o bairro do Tirol, na periferia pobre da cidade onde mora – uma espécie de panela de pressão de violência e injustiça sistemática. É lá que mora Rosane, namorada de Pedro: faz algum tempo que ele passa os fins de semana com ela.
De radinho no ouvido, lendo a intervalos, observando o que se passa dentro do ônibus e fora nas ruas, Pedro, sem se dar conta, costura as ideias. Ao fim da viagem ele não será mais o mesmo: o que vê e pensa durante o trajeto, os fatos de sua vida, seus afetos, o mundo em que está imerso, tudo reunido terá formado um novo conhecimento, mais profundo e mais crítico, mas que nem por isso o deixará desprotegido numa sociedade em que parece não haver como fugir de um destino opressivo.
O passageiro do fim do dia não deixa dúvida sobre a importância de Rubens Figueiredo no cenário literário contemporâneo no Brasil.

Continuar lendo

Resenha #12: Quem é você, Alasca? – John Green

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje eu trouxe para vocês a resenha de um livro que eu tenho parado aqui em casa há muito tempo e só agora resolvi ler.

120603720_1GG.jpg

Miles Halter é um adolescente fissurado por célebres últimas palavras – e está cansado de sua vidinha segura e sem graça em casa. Vai para uma nova escola à procura daquilo que o poeta François Rabelais, quando estava à beira da morte, chamou de o ‘Grande Talvez’. Muita coisa o aguarda em Culver Creek, inclusive Alasca Young. Inteligente, engraçada, problemática e extremamente sensual, Alasca levará Miles para o seu labirinto e o catapultará em direção ao Grande Talvez.

Continuar lendo

Resenha #11 – A Seleção, Kiera Cass

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje trouxe para vocês mais uma resenha de um livro que foi uma delícia de ler: A Seleção.

a-selecao-inspiration-box

Para trinta e cinco garotas, a “Seleção” é a chance de uma vida. Num futuro em que os Estados Unidos deram lugar ao Estado Americano da China, e mais recentemente a Illéa, um país jovem com uma sociedade dividida em castas, a competição que reúne moças entre dezesseis e vinte anos de todas as partes para decidir quem se casará com o príncipe é a oportunidade de escapar de uma realidade imposta a elas ainda no berço. É a chance de ser alçada de um mundo de possibilidades reduzidas para um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha. Para America Singer, no entanto, uma artista da casta Cinco, estar entre as Selecionadas é um pesadelo. Significa deixar para trás Aspen, o rapaz que realmente ama e que está uma casta abaixo dela. Significa abandonar sua família e seu lar para entrar em uma disputa ferrenha por uma coroa que ela não quer. E viver em um palácio sob a ameaça constante de ataques rebeldes. Então America conhece pessoalmente o príncipe. Bondoso, educado, engraçado e muito, muito charmoso, Maxon não é nada do que se poderia esperar. Eles formam uma aliança, e, aos poucos, America começa a refletir sobre tudo o que tinha planejado para si mesma — e percebe que a vida com que sempre sonhou talvez não seja nada comparada ao futuro que ela nunca tinha ousado imaginar.

Continuar lendo

Resenha #10 – O Sol é Para Todos, Harper Lee

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje vim trazer para vocês mais uma resenha de um livro maravilhoso, vamos conferir?

1807897.jpg

Um livro emblemático sobre racismo e injustiça: a história de um advogado que defende um homem negro acusado de estuprar uma mulher branca nos Estados Unidos dos anos 1930 e enfrenta represálias da comunidade racista. O livro é narrado pela sensível Scout, filha do advogado. Uma história atemporal sobre tolerância, perda da inocência e conceito de justiça. ‘O Sol é Para Todos’, com seu texto “forte, melodramático, sutil, cômico” (The New Yorker) se tornou um clássico para todas as idades e gerações.

Continuar lendo

Resenha #09 – Diários do Vampiro – Anoitecer, L. J. Smith

Olá pessoal!

Hoje eu trouxe para vocês um livro sobrenatural! Quem não ama?

SAM_5345.JPG

Elena Gilbert vive. Quando se sacrificou para salvar Stefan e Damon Salvatore — ambos vampiros e apaixonados por ela —, a princesa de Fell’s Church foi confinada a um destino que estava além da morte. Até que uma força sobrenatural trouxe Elena para o mundo dos vivos… mais uma vez. Mas agora Elena não é apenas humana. Ela absorveu novos poderes e dons enquanto estava do Outro Lado. Além disso, seu sangue possui uma força única e arrebatadora que deixa Elena irresistível para qualquer vampiro; a vida que agora pulsa em suas veias é como um farol para as mais perigosas e bizarras criaturas sobrenaturais. Escondida na casa de Stefan, Elena precisa reaprender… tudo. Como um bebê que precisa de cuidados, Elena precisa do seu amado como nunca. E ele está ao seu lado, cuidando para que ela fique em segurança e na esperança de que em breve eles possam, finalmente, ter uma vida juntos. Damon, por outro lado, se vê movido por um desejo de Poder irrefreável, e quer Elena ao seu lado num reinado de sombras. Provar o novo sangue da namorada do irmão se torna uma necessidade, uma obsessão. Tamanha força poderia conferir novas dimensões ao seu Poder… E quando Stefan é ludibriado a sair da cidade em busca de uma cura impossível, Damon encontra a chance de mostrar a Elena que é com ele que ela deve ficar. Mas uma escuridão toma aos poucos a cidade. Meninas possuídas têm surtos incontroláveis de desejo, árvores parecem ganhar vida guiadas por um mal sedutor, que não hesita em estender suas garras para Meredith, Bonnie e Matt. E Damon, um eterno caçador, transforma-se em caça nas mãos desta criatura maligna que consegue dominá-lo mesmo contra sua vontade, e que deseja não apenas o sangue de Elena, mas sua morte.

Continuar lendo

Resenha #08 – Divergente, Veronica Roth

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje trouxe para vocês a resenha de um livro bem famoso, que teve até sua adaptação para os cinemas e a conclusão alguns meses atrás: Divergente.

SAM_5330.JPG

Numa Chicago futurista, a sociedade se divide em 5 facções: Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição e não pertencer a nenhuma facção é como ser invisível.

Beatrice cresceu na Abnegação, mas o teste de aptidão por que passam todos os jovens aos 16 anos, numa grande cerimônia de iniciação que determina a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas, revela que ela é, na verdade, uma divergente, não respondendo às simulações conforme o previsto. A jovem deve então decidir entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é. E acaba fazendo uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma, e que terá desdobramentos sobre sua vida, seu coração e até mesmo sobre a sociedade supostamente ideal em que vive.

Continuar lendo

Resenha #07 – Os Grandes Contos Populares do Mundo

Olá pessoal, tudo bem?

Venho hoje trazer um livro diferente, tanto em suas histórias quanto em seu formato: Os Grandes Contos Populares do Mundo.

SAM_5317.JPG

Era uma vez o povo, ou os povos do mundo todo, que em seus cotidianos mais remotos trocavam experiências, vivenciavam novas e antigas emoções, contavam histórias entre si, confraternizavam, sorriam, choravam e sobretudo registravam valores. Assim, atos, gestos, sentimentos e tradições foram sendo conservados ao logo dos tempos. […]

Flávio Moreira da Costa

Continuar lendo